A brisa marítima, o aroma das dunas, o ar fresco vindo do mar num dia de sol. São muitas as razões que fazem dos espaços à beira mar locais tão particulares. Praia significa férias, banhos de sol e tardes passadas na companhia de amigos ou família. Mas estes locais podem ser muito mais do que areia e mar. Com a escolha certa da vegetação, um sistema de rega eficiente e uma boa distribuição das plantas, é possível criar jardins que são autênticos paraísos, ricos em formas escultóricas, aromas e texturas. Saiba mais sobre um jardim à beira-mar.

Jardim com cactos

As melhores plantas para um jardim à beira-mar

As condições existentes à beira mar são bastante especiais, frequentemente agrestes pela presença do vento e pela salinidade do ar. Os solos são geralmente pobres em nutrientes, e pela sua natureza arenosa têm uma baixa capacidade de reter a água necessária às plantas. Estas características fazem com que a escolha no momento de plantar deva ser criteriosamente feita.

Como na generalidade das intervenções de arquitectura paisagista, a melhor forma é olhar para a natureza para procurar inspiração: escolher as plantas que naturalmente estão adaptadas a estas condições. As tamargueiras, o pinheiro e os metrosideros são excelentes opções para árvores e sub-árvores, na primeira linha de mar. Nos arbustos poderá optar pelas aroeiras,  pinheiro anão, e a estancadeira. Nas zonas mais recatadas, onde os ventos salinos têm menos impacto, poderá arriscar a plantar medronheiro, loureiro, tramazeira, alfazema, alecrim e a lonicera de jardim.

Para conseguir um contraste com um pano de fundo, ou se pretende destacar um ponto do seu jardim, utilize uma conjugação de suculentas e cactos de diferentes tamanhos e cores. Pode também utilizar alguns sedums para criar um tapete de vegetação. Evite a utilização excessiva de palmeiras, que tornam o espaço vulgar, ou se optar pela sua utilização faça-o com o apoio de um profissional.

Jardim com cactos

O ambiente certo

O ponto mais importante é que perceba que é possível ter um jardim à beira mar, certamente diferente da concepção mais comum de jardim, o que na verdade o torna mais especial. Além da escolha das plantas, é importante criar espaços com os quais se identifica e que lhe são úteis para relaxar ou partilhar com os amigos. A criação de espaços com o apoio de mesas e cadeiras de madeira, tornam o jardim mais intimista e o espaço mais propício à convivência. Opte por colocar uma rede onde se possa deitar se o espaço for só para si e para a sua família mais próxima. Aí poderá relaxar e ler um livro, ou simplesmente descansar e usufruir da brisa marítima. Com a escolha certa de plantas, a melhor combinação de mobiliário e as pessoas de quem mais gosta, terá um jardim perfeito para criar momentos que jamais esquecerá.

Para ter apoio profissional, ao nível da arquitetura paisagista, na elaboração do seu jardim contacte-nos.